Por Rui Melo

Fuselagem

Maio, 2006

Depois das asas, a fuselagem pareceu-nos tarefa fácil. No entanto, e na minha opinião, a fuselagem é mais complexa e acima de tudo a tarefa é dificultada pelo facto de se ter que trabalhar muitas vezes em locais de difícil acesso. A fuselagem é constituída por duas partes: a posterior e a anterior. A construção foi iniciada pela posterior.

Tempo dispendido: 256 horas

Peças após aplicação do primer prontas a serem montadas e rebitadas. As únicas peças que vêm feitas são as laterais que têm furação de referência. Todas as outras peças são feitas a partir de material stock. A dificuldade é mínima mas demora algum tempo.

As janelas de inspecção têm que ser abertas nas chapas laterais o que dá algum trabalho. Foi usada a técnica de furacão ao longo do perímetro posterior, corte e acabamento à lima. Tempo necessário: uma tarde inteira, uma distensão muscular no braço direito acompanhada de dores musculares durante três dias (a velhice não perdoa).